You are currently viewing Gere fluxo de caixa via Ressarcimento de Créditos de ST pela CAT 42

Gere fluxo de caixa via Ressarcimento de Créditos de ST pela CAT 42

Entenda como o ressarcimento de ICMS-ST via portaria CAT 42/2018 gera fluxo de caixa para o atacado e varejo em São Paulo

Uma das principais preocupações dos gestores é com a tributação que suas empresas sofrem para se manter em conformidade legal diante de um cenário tributário tão complexo como o brasil. Assim sendo, é necessário estar atento à velocidade com que a legislação tributária muda e como estar sempre em conformidade com ela. Para te ajudar a entender mais como funciona essa área, preparamos o presente artigo sobre o que é o Ressarcimento de Créditos ICMS-ST, como usá-lo para trazer mais fluxo para o seu caixa e como a Portaria CAT 42/2018 se relaciona com ele no Estado de São Paulo.

Então, vamos lá?

O que é o ICMS-ST?

O Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços por Substituição Tributária (ICMS-ST) é um jeito que o Estado encontrou para adiantar o recolhimento de imposto que seria totalmente pago ao final de todo um processo.

Foto do processo:

Ilustração sobre como funciona a cadeia de ressarcimento de ICMS-ST de acordo com a Portaria CAT 42/2018

Na Substituição tributária do ICMS, essa operação acontece apenas uma vez, porém o governo determina que um percentual seja aplicado, chamado de Margem de Valor Agregado.

O MVA tem como objetivo aproximar o valor do tributo recolhido ao que seria pago se ele fosse calculado normalmente. Dessa forma, nas próximas etapas o imposto já foi recolhido.

Sobre o que trata a Portaria CAT 42/2018, de 21 de maio de 2018?

Nesse contexto, a Portaria CAT 42/2018 traz justamente as regras que devem ser seguidas para se informar, através do “Sistema de Apuração do Complemento ou Ressarcimento do ICMS Retido por Substituição Tributária ou Antecipado”, a apuração do ressarcimento do respectivo tributo.

Este processo é realizado através de um software disponibilizado pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Então, de acordo com a portaria, é necessário que tais informações sejam enviadas mensalmente, através de arquivo digital.

Você sabia que poderá trazer fluxo de caixa com o ressarcimento de Créditos de ST através da Portaria CAT 42/2018?

O ressarcimento desse tributo é muito comum principalmente em situações de devolução de mercadoria. Por isso, tratando-se de uma situação que não é rotineira à maioria das empresas, esses valores acabam sendo esquecidos.

Porém, podem ser fonte valiosa de ingressos ao seu caixa de recursos que vão auxiliar sua empresa a ter maior fôlego financeiro. Entretanto, é importante lembrar que o pedido de ressarcimento só pode ser realizado até 5 anos atrás; dessa forma, é imprescindível agilidade na reclamação desses valores.

Entenda como nós, da Certacon – Inteligência Fiscal e Tributária, podemos te auxiliar nesse projeto.

Somos especialistas em recuperação de créditos tributários desde 1993, e com a nossa experiência podemos dar o apoio que você precisa para recuperar possíveis valores que sua empresa tenha a receber de ICMS-ST.

Exemplo disso foi uma de nossas parcerias com a Datasupri, na qual pudemos recuperar cerca de R$ 30 milhões em créditos do ICMS ST (clique aqui e veja o case). Outro case de sucesso nosso foi a recuperação de R$ 45 milhões de reais de uma grande rede varejista e atacadista da grande São Paulo em 2021.

Tudo feito, inclusive, em conformidade com a Portaria CAT 42/2018.

E você, também quer ser mais um de nossos cases de sucesso?

Quer saber como podemos te ajudar neste e em outros processos para a sua empresa? Entre em contato conosco!

Deixe um comentário