You are currently viewing Isenções de ICMS em 2022 podem gerar crédito acumulado

Isenções de ICMS em 2022 podem gerar crédito acumulado

Empresas podem se beneficiar das CATs 207, 83 ou 26

Desde o dia 1º de janeiro, novas isenções para o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) passaram a valer para o Estado de São Paulo. O pacote de benesses faz parte do decreto nº 66.393/2021, publicado pelo Governo do Estado de São Paulo e que introduziu alterações no parágrafo 4 do artigo 402 do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (RICMS).

Segundo o documento, ressalvados os casos de regime especial, concedidos com anuência de outro Estado, não se aplica às operações interestaduais efetuadas com sucata de metais e com produtos primários de origem animal, vegetal ou mineral, além também de se aplicar na saída de mercadoria com destino a outro estabelecimento ou a trabalhador autônomo ou avulso que prestar serviço pessoal, em relação ao qual o autor da encomenda mantiver contrato de produção rural integrada.

Isenções de ICMS em 2022 podem gerar crédito acumulado

Assim sendo, produtores agrícolas que possuam saldo credor continuado em sua GIA é um potencial gerador de Crédito Acumulado do ICMS via Apuração Simplificada pela CAT 207/2009, normalmente por possuir suas entradas creditadas pelo imposto e com suas respectivas saídas.

Também por meio de processo administrativo com base na Portaria CAT 26/2010 (uma especialidade da CERTACON), é possível pleitear a homologação de tais créditos junto à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz/SP), para que sejam utilizados na compra de matérias-primas, chassis de caminhões novos, pagar débitos próprios ou de terceiros, pagar ICMS de Importação ou mesmo transferir para empresas do grupo ou para não-interdependentes.

Que tal se preparar para esta excelente oportunidade de negócio que surgiu em 2022? Entre em contato conosco e saiba mais

Deixe um comentário