You are currently viewing 3 cuidados que você deve ter antes de transmitir o SPED Fiscal

3 cuidados que você deve ter antes de transmitir o SPED Fiscal

Com o passar dos anos, as autoridades fiscais aprimoram cada vez mais a inteligência tributária e fornecem informações cruzadas de diferentes obrigações contábeis tributárias, se utilizando de forma inteligente alguns métodos para facilitar, beneficiar, promover e dar aos auditores uma maior eficiência na verificação de irregularidades ou não conformidades fiscais e contábeis do SPED Fiscal.

Quando falamos de defeitos, não estamos necessariamente falando de práticas ilegais, mas de ações que podem levar a disparidades e aumento do risco com multas inesperadas e essas ações podem estar relacionadas a problemas em procedimentos fiscais / contábeis: dados manuais não refletidos em arquivos, pontuação média dos processos, criação de obrigações por diversos sistemas não integrados, entre outros.

Para evitar este tipo de situação embaraçosa para as suas empresas, pensamos em três cuidados que toda empresa deve ter na hora de transmitir a SPED Fiscal.


1) Ir além da validação do PVA

Muitos profissionais acreditam que a validação do PVA é o suficiente para a empresa ficar livre de fiscalizações e atuações. Contudo, o programa validador realiza apenas algumas verificações no arquivo, sendo a sua maioria em relação ao layout. Por isso, é importante que os profissionais criem checklists de conferências, como por exemplo: sequência de notas fiscais, créditos aproveitados e os ajustes na apuração.

2) Verificar as advertências do PVA

As advertências são avisos que aparecem no programa validador, mas que não impedem a transmissão do arquivo. É importante que esses casos sejam verificados com atenção e se necessário, corrigidos. O ideal é que todo ajuste seja realizado no ERP utilizado pela empresa, para que a cada mais o arquivo gerado esteja mais correto.

3) Cruzamento com a GIA

É de extrema importância que as obrigações estejam sempre em conformidade e o ideal é que esta verificação seja realizada antes da transmissão, para que se evite retificações. Para isso, os profissionais precisam organizar a rotina fiscal para que todos estes procedimentos sejam seguidos.

Está com dificuldades para fazer uma correta comunicação do SPED Fiscal? Entre em contato conosco clicando aqui, pois vamos te ajudar neste processo.

Deixe um comentário